Este website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a sua utilização.

Configurações de Sistemas de deteção de incêndio

Autor gvb 19/02/2017 0 Comentários Noticias sobre Proteção contra incêndios,

A legislação atual obriga a todas as Utilizações tipo (exceto habitação), que tenham dado inicio á atividade a partir de novembro de 2008 que tenham instalados sistemas de deteção de incêndio.

Os sistemas poderão ser de 3 tipos, mais simples ou mais complexos, dependendo da utilização tipo e da categoria de risco existente.

Em baixo pode verificar quais os tipos de configuração e na outra tabela onde se aplicam.

Componentes e funcionalidadeConfiguração
(Obrigatorio Central de incêndio própria)123
Botoneiras manuais de alarmeXXX
Detetores de fumo ou temperatura automáticos XX
Temporizações (dia/noite) X
Alerta automático aos bombeiros via placa de telecomunicações  X
Comandos para acionar outros equipamentos XX
Baterias de emergênciaXXX
Sirene no interiorXXX
Sirene no Exterior X 

 

  • Em todas as utilizações tipo (exceto habitacionais), da 2ª, 3ª e 4ª categoria de risco a configuração tem de ser 3.
  • Apenas os serviços administrativos, salas de espetáculos e desportivos e museus poderão ter configuração tipo 1 se forem da categoria de risco 1.
  • Os estacionamentos cobertos, mesmo de 1ª categoria de risco, têm de ter configuração tipo 3 (exceto se for num edifício habitacional, que pode ser configuração 2)
  •  Todos as restantes utilizações tipo, da 1ª categoria de risco, poderão ter configuração tipo 2 (desde que estejam exclusivamente acima do solo, caso contrario será configuração 3)

 

Comentário