Este website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a sua utilização.

Graus de Segurança

Autor gvb 19/02/2017 0 Comentários

Graus de segurança dos sistemas de alarme

1 — Sem prejuízo do disposto na presente portaria ou em legislação especial, são aplicáveis aos sistemas de alarme os graus de segurança previstos na norma EN 50131-1, ou equivalente, nas seguintes condições:

a) Grau 1 para sistemas de alarme dotados de sinalização acústica, não conectados a central de receção e monitorização de alarmes; (É possivel serem instalados em grande maioria dos locais.)

b) Grau 2 para sistemas instalados em residências ou outros estabelecimentos não obrigados a adotar sistemas de segurança obrigatórios, e que estejam ligados a centrais de receção e monitorização de alarmes ou a centro de controlo (Obrigatório se ligado a central de segurança para a maioria dos casos.)

c) Grau 3 para sistemas instalados em empresas ou entidades industriais, comerciais e de serviços que devam adotar medidas de segurança previstas no artigo 8.° da Lei n.° 34/2013, de 16 de maio, e que estejam ligados a centrais de receção e monitorização de alarmes ou a centro de controlo; (Obrigatório para Farmácias, Ourivesarias/ Relojoarias/Venda de ouro, Venda de obras de arte, Bombas de gasolina, que estejam ligadas a uma central de segurança)

d) Grau 4 para sistemas em instalações classificadas de infraestruturas críticas, instalações militares ou das forças e serviços de segurança, instalações de armazenamento de explosivos e substâncias explosivas, instalações previstas nos artigos 8.° e 9.° e instalações de depósito e guarda de valores e metais preciosos. (Obrigatório em centrais de segurança, instalações militares e de policia, bancos e instituições financeiras e armazéns de explosivos).

Comentário